04/04/2020 às 16h30min - Atualizada em 04/04/2020 às 16h30min

Mandetta alerta que a Covid-19 ainda não atingiu bairros operários no Brasil

Os operários, os mais pobres, serão os mais vulneráveis pela infecção do coronavírus porque estarão desguarnecidos social e economicamente. As chances de um trabalhador contagiado morrer pela doença será muito maior que um rico.

Blog do Esmael

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, alertou no último balanço sobre o coronavírus que os bairros operários ainda não foram atingidos no Brasil.

Mandetta pediu que as autoridades sanitárias tenham atenção redobrada com a quarentena neste fim de semana.

“A Covid-19 não entrou nos bairros operários do Brasil e por isso requer a atenção redobrada no final de semana”, disse o ministro.

Neste sábado (4), as secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 12h30, 9.391 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 376 mortes pela Covid-19. Apenas três estados ainda não registraram mortes: Acre, Amapá e Tocantins.

Os operários, os mais pobres, serão os mais vulneráveis pela infecção do coronavírus porque estarão desguarnecidos social e economicamente. As chances de um trabalhador contagiado morrer pela doença será muito maior que um rico. Aliás, são os endinheirados viajantes que trouxeram o vírus para o Brasil.

O país que acumula mais mortes é a Itália (14.681). Em seguida aparecem a Espanha (11.744), os Estados Unidos (7.460) e a França (6.507).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp