04/04/2020 às 10h51min - Atualizada em 04/04/2020 às 10h51min

Mais de 800 funcionários de hospitais de São Paulo foram infectados por coronavírus e estão afastados

O coronavírus está atingindo severamente trabalhadores de hospitais. Mais de 800 deles já foram afastados de suas atividades por terem sido infectados pelo coronavírus.

Para Gerson Salvador, diretor do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), o número de mais de 800 funcionários infectados em hospitais é relevante, mas está subestimado, não refletindo a realidade da rede de saúde de São Paulo.

O sindicalista afirma que os profissionais que atuam na atenção primária, ou seja, em Unidade Básica de Saúde (UBS), não estão sendo testados, o que segundo ele, ocorre com a maior parte dos profissionais da rede do SUS Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (Seesp), ao menos um profissional do setor morreu por causa do novo coronavírus; outros dois casos ainda são analisados.

Se forem contabilizados os colaboradores que deixaram de trabalhar por serem casos suspeitos, o número de profissionais de saúde afastados dos hospitais paulistanos passa de 1.300, de acordo com o levantamento do Portal UOL.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp