02/04/2020 às 20h25min - Atualizada em 02/04/2020 às 20h25min

Presos de São Paulo vão produzir mais de 50 mil máscaras por dia para prevenção ao coronavírus

Doria anunciou ampliação da capacidade de confecção dos equipamentos de proteção.

O Governador João Doria (PSDB) anunciou, nesta quinta-feira (2), a ampliação da capacidade de confecção de máscaras de proteção contra o coronavírus nas unidades prisionais de São Paulo. A meta é chegar a uma produção diária superior a 50 mil máscaras, que serão utilizadas por servidores que atuam no combate à pandemia nas áreas da Saúde e Segurança, além de funcionários da Secretaria de Administração Penitenciária.

“São Paulo foi o primeiro Estado do país a definir, no seu sistema prisional, a confecção de máscaras. Um dos maiores problemas, não só do Brasil como de outras nações do mundo, é a obtenção de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Então, acelerar essa produção é uma medida necessária”, disse Doria.

A confecção das máscaras de proteção descartáveis, para uso em procedimentos não-cirúrgicos, já está em andamento nas três unidades prisionais de Tremembé - SP. A partir dessa sexta-feira (3), a produção será iniciada também em presídios das cidades de Araraquara - SP, Itaí - SP, Tupi Paulista - SP e Andradina - SP.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp