31/03/2020 às 18h14min - Atualizada em 31/03/2020 às 18h14min

Covas anuncia auxílio a catadores de recicláveis durante pandemia de coronavírus

Iniciativa terá validade de três meses. Cerca de 1.400 profissionais autônomos e 900 cooperados serão beneficiados, segundo Prefeitura de São Paulo.

O prefeito de São Paulo - SP, Bruno Covas (PSDB), anunciou nesta terça-feira (31) que irá fornecer um auxílio para catadores de recicláveis durante três meses. Devido a pandemia do coronavírus, a Vigilância Sanitária recomendou que as 25 cooperativas que atuam na cidade de São Paulo suspendessem suas atividades. O auxílio custará R$ 5,76 milhões aos cofres públicos.

A medida vai beneficiar 900 famílias associadas às 25 cooperativas habilitadas pela Prefeitura de São Paulo e mais 1.400 autônomos, totalizando 2.300 catadores. Para os cooperados, a administração municipal irá desembolsar um valor de R$ 1.200 e de R$ 600 para autônomos.

“Hoje a gente anuncia um recurso de R$ 5 milhões e 700 mil para poder destinar a essas famílias de catadores na cidade de São Paulo. São 1.400 catadores autônomos que por serem autônomos vão receber a ajuda de R$ 600 do governo federal e nós vamos dobrar essa ajuda vamos passar mais R$ 600 e eles vão receber um total de R$ 1.200 pelos próximos três meses. E nós temos também 900 famílias de cooperados que por serem cooperados não vão receber os R$ 600 do governo federal e para essas famílias a prefeitura vai repassar R$ 1.200 por mês”, disse Covas.

O prefeito ressaltou que a coleta seletiva feita porta a porta, continuará sendo realizada, pois as centrais de triagem são mecanizadas.

“A coleta seletiva feita porta a porta continua na cidade de São Paulo porque as centrais de triagem mecanizada vão continuar a fazer a separação desse material. São apenas as 25 cooperativas que trabalhavam esse cooperados, esses catadores cooperados que deixam de funcionar por orientação da vigilância sanitária”, completou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp