07/03/2020 às 11h59min - Atualizada em 07/03/2020 às 11h59min

“Me tirem fora dessa”: acionista do Giraffas não quer ser associado a Bolsonaro

De acordo com o jornalista Fabio Pannunzio, que fez uma lista de restaurantes cujos donos apoiam Bolsonaro, controladores do Giraffas o procuraram para excluí-los da relação pois somente um dos acionistas seria apoiador do presidente.

O jornalista Fabio Pannunzio informou, na madrugada deste sábado (7), que os controladores da rede de fast food Giraffas o procuraram pedindo para que retirem o restaurante da lista de empresários apoiadores do governo Bolsonaro.

Isso porque na sexta-feira (7) Pannunzio havia feito uma relação de restaurantes cujos donos são apoiadores de Bolsonaro. Além do Giraffas, constam na lista os restaurantes Coco Bambu e Madero.

“Os controladores do Giraffas pedem para excluí-los da relação de empresários bolsonaristas. Dizem que João Batista Barbosa, que se apresenta como “dono” da cadeia de fast-food e foi convocado pela CPMI das Fake News, na verdade tem apenas 2,5% de uma loja em Miami, onde mora”, escreveu o jornalista em sua conta do Twitter.

“Allan dos Santos, dono do site Terça Livre, a latrina da internet miliciana, usou um e-mail corporativo de João Batista para criar sua fabriquinha de fake news. “Me inclua fora dessa” , pede um dos grandes acionistas, que quer distância dessa gente”, completou Pannunzio.

Em 2018, os donos da rede Coco Bambu doaram R$40 mil para a campanha do então candidato Jair Bolsonaro.

Já o dono do Madero, Junior Durski, que é sócio de Luciano Huck, divulgou essa semana um vídeo mostrando apoio ao ato golpista do próximo dia 15, que pede o fechamento do Congresso, do Supremo Tribunal Federa (STF) e o retorno do AI-5.

“Estou 100% com o presidente Jair Bolsonaro. Tenho muito orgulho de ter votado por Bolsonaro, de ter trabalhado na campanha, de ter ido para a rua todas as vezes que tivemos que ir, que vamos de novo para as ruas no 15 de março. Vamos estar juntos. Sou muito orgulhoso do presidente que temos”, disse o empresário.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp