02/10/2019 às 20h16min - Atualizada em 02/10/2019 às 20h16min

Campo Limpo Paulista segue sem coleta de material reciclado desde 2017

Os moradores que querem fazer a separação do material precisam andar vários quilômetros até a cooperativa para que os materiais sejam reciclados.

Portal G1.

Os moradores de Campo Limpo Paulista - SP continuam sem a coleta de material reciclável. Segundo a cooperativa que faz o trabalho de separação dos materiais, desde 2017 a prefeitura não paga o caminhão que passava pelos bairros.

Os moradores que querem fazer a separação do material precisam andar vários quilômetros até a cooperativa para que os materiais sejam reciclados.

O motivo, segundo os cooperados, é o descaso da prefeitura. Do convênio assinado em 2015 com validade até 2020, a prefeitura só cumpre o pagamento do aluguel do espaço.

A coordenadora da cooperativa, Silvana Marcelino, teve que arcar com as despesas para não suspender os trabalhos. “Desde 2017 que eles cortaram o contrato com o caminhão. Só que eles cortaram isso sem um aviso prévio, sem comunicar a cooperativa”, conta.

Antes, a coleta de materiais recicláveis era feita de segunda a sexta-feira, mas agora acontece somente quando dá para pagar o caminhão, e a falta da coleta fez cair a produtividade. Em um ano, a cooperativa perdeu 10 funcionários por não conseguir manter os pagamentos.

A cooperativa consegue recolher apenas uma tonelada de material reciclável por semana. Quando a prefeitura ainda arcava com as despesas do caminhão, ela recolhia até 35 toneladas de recicláveis por mês e ainda conseguia passar em seis bairros por dia.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp