23/01/2020 às 09h49min - Atualizada em 23/01/2020 às 09h49min

Evo Morales diz que continuará na política para derrotar a direita boliviana

O ex-presidente destacou os avanços econômicos e sociais alcançados durante seu governo, principalmente “a redistribuição de riqueza por meio de programas sociais”.

O presidente deposto da Bolívia, Evo Morales, liderou um ato político na quarta-feira (22) em Buenos Aires, Argentina, para comemorar os 14 anos da “Revolução Democrática e Cultural e o Dia do Estado Plurinacional”.

Durante seu discurso, focado na campanha para as eleições de abril, Morales prometeu que continuará “fazendo política para derrotar a direita” em seu país, informa o site Rússia Today.

O evento aconteceu no ginásio esportivo do clube espanhol, lotado por milhares de pessoas da comunidade boliviana na Argentina, onde o líder político é um refugiado.

Ao lado de Evo Morales estavam o vice-presidente deposto Álvaro García Linera e o candidato à presidência do MAS, Luís Arce.

O ex-presidente destacou os avanços econômicos e sociais alcançados durante seu governo, principalmente “a redistribuição de riqueza por meio de programas sociais”.

Ele também denunciou que o golpe de Estado que o afastou do governo foi provocado contra “o índio e o processo de mudança da Bolívia”, enquanto afirmou estar “convencido da participação ativa dos Estados Unidos”.

“Mostramos que podemos ter uma Bolívia digna sem o Fundo Monetário Internacional (FMI)”, disse Morales, depois de prometer que seu movimento político retornará ao governo “pacifica e democraticamente”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp