20/01/2020 às 13h34min - Atualizada em 20/01/2020 às 13h34min

Enem: MEC ignora erros e para de receber reclamações de estudantes

A União Nacional dos Estudantes (UNE) declarou nesta manhã que, “se não houver correção de todas as provas ainda hoje vamos nos mobilizar e vamos à justiça pedir adiamento do SISU”.

O governo Bolsonaro segue criando problemas no Enem e decidiu nesta segunda-feira (20) que não irá mais receber reclamações de participantes sobre as notas do Enem 2019. Apenas mensagens enviadas até as 10h desta segunda-feira (20) serão analisadas.

O novo prazo contradiz promessa do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, feita no sábado (18), quando o governo confirmou que candidatos receberam as notas errados do Enem, informa o jornal Folha de S.Paulo.

Lopes havia afirmado que todas as reclamações encaminhadas até segunda, sem limite de horário, seriam analisadas.

Apesar dos graves problemas identificados, o governo insiste em manter a data de abertura das inscrições do Sistema de Seleção Unificada (SISU), para terça-feira (21).

O desempenho no Enem é critério para concorrer no SISU, que oferece 237 mil vagas em universidades federais no País. O período de inscrições foi mantido: vai de terça-feira (21) a sexta-feira (24).

A União Nacional dos Estudantes (UNE) declarou nesta manhã que, “se não houver correção de todas as provas ainda hoje vamos nos mobilizar e vamos à justiça pedir adiamento do SISU”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp