29/07/2022 às 23h46min - Atualizada em 29/07/2022 às 23h46min

73% dos brasileiros dizem que há corrupção no governo Bolsonaro, diz Datafolha

Na semana passada, o ex-capitão disse a apoiadores que “se procurar, vai achar alguma coisa”, em referência a casos de corrupção.

Redação
Um recorte da mais recente pesquisa Datafolha publicado nesta sexta-feira (29) aponta que 73% dos brasileiros acreditam que há corrupção no governo de Jair Bolsonaro (PL).
 
19% dos entrevistados dizem não crer em corrupção na gestão federal, enquanto 8% não souberam responder.
 
De acordo com o levantamento, a percepção de que há corrupção é mais presente entre os jovens (86%) e entre quem reprova o governo (94%). Acreditam em maior número não haver corrupção os eleitores de Bolsonaro (49%) e os que aprovam a gestão (51%).
 
Nos últimos meses, estouraram no noticiário casos de corrupção investigados no Ministério da Educação, com um gabinete paralelo a interferir na liberação de verbas, e na Codevasf, diretamente ligada à explosão de emendas do orçamento secreto, usado por Bolsonaro para aprovar pautas de seu interesse no Congresso Nacional e fidelizar o Centrão.
 
Na semana passada, Bolsonaro disse a apoiadores que “se procurar, vai achar alguma coisa”, em referência a possíveis casos de corrupção no governo.
 
Trata-se de uma alteração no discurso em relação ao início de sua gestão, quando dizia não haver qualquer traço de corrupção na administração. Recentemente, já havia mudado o tom sobre a possibilidade de irregularidades, admitindo que “há casos isolados”, mas não uma “corrupção endêmica”.
 
“Mas se procurar, vai achar alguma coisa. Quer ver uma coisa? Ministério do Desenvolvimento Regional tem mais de 20 mil obras. Será que está tudo certinho? Vai achar alguma coisa”, afirmou o ex-capitão a seus militantes no cercadinho do Palácio da Alvorada em 21 de julho.
 
A declaração ocorreu um dia depois de a Polícia Federal deflagrar uma operação para apurar suspeita de fraudes em contratos da empreiteira Construservice com a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco, a Codevasf, estatal sob liderança do Centrão. A PF apreendeu 1,3 milhão de reais em dinheiro vivo na casa de um dos investigados.
 
O Datafolha ouviu 2.566 eleitores em 183 cidades entre 27 e 28 de julho. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-01192/2022.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp