16/01/2020 às 21h21min - Atualizada em 16/01/2020 às 21h21min

Bolsonaro ataca jornalista e insulta todos os japoneses que vivem no Brasil

Ele criticou o livro de Thaís Oyama, “Tormenta - o governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, que conta os podres do primeiro ano de governo.

Em discurso no Palácio do Planalto, tomado pela tensão provocada pelo escândalo da Secom, Jair Bolsonaro (Sem Partido) mandou a imprensa “tomar vergonha na cara” e emendou: “a nossa imprensa tem medo da verdade. Deturpam o tempo todo. Mentem descaradamente. Trabalham contra a democracia, como o livro dessa japonesa, que eu não sei o que faz no Brasil”.

Bolsonaro ainda disse: “Essa imprensa que está me olhando, não tomarei nenhum medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara. Deixem nosso governo em paz, para levar harmonia ao nosso povo”.

Ele criticou o livro de Thaís Oyama, “Tormenta - o governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, que conta os podres do primeiro ano do governo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp