07/01/2020 às 19h08min - Atualizada em 07/01/2020 às 19h08min

Manifestantes fazem ato contra o aumento da tarifa do transporte público em São Paulo

Tarifa passou para R$ 4,40. Manifestantes são ligados ao MPL e dizem que valor deveria ser reduzido. Prefeitura e governo dizem que aumento de R$ 0,10 ficou abaixo da inflação.

Manifestantes fazem um protesto, no final da tarde desta terça-feira (7), contra o aumento da tarifa do transporte público em São Paulo - SP, que passou para R$ 4,40 no dia 1° de janeiro. Eles se concentram em frente à Prefeitura, no Viaduto do Chá, Centro da capital paulista, e seguem em caminhada pela região.

Os manifestantes são ligados ao Movimento Passe Livre (MPL). No anúncio do protesto na redes sociais, os manifestantes dizem que os governantes anunciaram o aumento de R$ 0,10 como algo menor, mas, para eles, a tarifa deveria ser reduzida.

“Mesmo com a crise econômica e as altas taxas de desemprego, no último dia 20, Doria e Covas anunciaram mais um aumento: 10 centavos na tarifa unitária, 17 centavos na integração. O anuncio foi feito com uma tentativa de acalmar os ânimos argumentando que o aumento ainda é abaixo da inflação. Mas o argumento não se sustenta pois, se os aumentos seguissem sempre a inflação, hoje a tarifa teria que ser reduzida, não subir ainda mais. Além disso, se o transporte é um direito, a tarifa nem deveria existir”, diz o texto.

O reajuste é de 2,33%, abaixo da inflação anual prevista pelo boletim Focus, divulgado pelo Banco Central (BC), que é de 3,86%.

As novas tarifas foram encaminhadas no dia 20 de dezembro de 2019 para os presidentes da Câmara Municipal e para a Assembleia Legislativa.

O Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) protocolou uma carta na Prefeitura solicitando que o prefeito não reajuste a tarifa de ônibus.

O Idec argumenta que a Prefeitura pode segurar esse aumento reajustando o valor de subsídio para o sistema e que um aumento no ônibus tem um grande impacto para a cidade. O instituto também argumenta que a Prefeitura não gerencia o sistema de transporte da cidade de maneira eficiente.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp