25/03/2022 às 17h50min - Atualizada em 25/03/2022 às 17h50min

Governo de São Paulo entrega complexo de nova fábrica de vacinas do Butantan

Governador Doria participou de apresentação da nova planta para 100 milhões de vacinas anuais; investimento de R$ 189 milhões foi obtido totalmente com doações privadas.

Redação
O Governador João Doria (PSDB) participou nesta sexta-feira (25) da entrega do complexo da nova fábrica de vacinas do Instituto Butantan contra a Covid-19. O Centro de Produção Multipropósito de Vacinas terá capacidade de produzir 100 milhões de doses por ano e foi construída com R$ 189 milhões doados totalmente pela iniciativa privada. Além da Coronavac, a fábrica também vai ampliar a produção atual de vacinas contra raiva, zika e hepatite A.
 
“É uma fábrica 100% digital e sustentável e que vai gerar cerca de 130 empregos diretos com engenheiros, especialistas de todas as idades, homens e mulheres”, afirmou Doria. “Esta fábrica é uma vitória de São Paulo e do Brasil. São Paulo apoia, respeita e prestigia a ciência e já ofereceu a vacina a mais de 120 milhões de braços”, afirmou
 
A fábrica vai funcionar em um complexo com quase 11 mil m² de área construída na sede do Butantan, na capital. O Centro Multipropósito é composto por dois prédios, um com área construída de 8,3 mil m² e um anexo que concentra as utilidades, com 2,5 mil m².


No andar mais alto, as soluções usadas no processo de produção serão tratadas e enviadas ao térreo, onde ficará a produção. O subsolo será destinado à área de descontaminação de efluentes. Os laboratórios terão qualificação de biossegurança de nível 3 para manipulação de vírus pandêmico.
 
De acordo com o Butantan, a planta poderá ser readequada rapidamente para desenvolver outros antígenos virais com base celular. Assim, em caso de nova crise sanitária global, o Brasil terá condições de inicia rapidamente a produção de eventuais novas vacinas. O instituto também vai ampliar a fabricação de outros imunizante vacinas já produzidos atualmente na capital.
 
A previsão é que a fábrica esteja pronta para produzir vacinas em grandes lotes no primeiro semestre de 2023. Após a instalação de equipamentos e maquinários importados ao longo dos próximos meses, o complexo vai passar por novas inspeções da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e testes de segurança para fabricação e certificação de vacinas.

 
O Instituto Butantan já assegurou mais de 100 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 ao Plano Nacional de Imunizações. Em janeiro deste ano, a Anvisa aprovou o uso emergencial da CoronaVac em crianças de seis a 17 anos.
 
Doações
Custeada com 100% de recursos doados pela iniciativa privada, a nova fábrica contou com financiamento de 75 empresas. Os recursos foram captados pela organização da sociedade civil Comunitas, em parceria com a InvestSP e a Fundação e Instituto Butantan.

 
Do investimento total, R$ 80,9 milhões são oriundos de doações privadas à Fundação Butantan e repassadas à Comunitas. Os outros R$ 108,7 milhões vieram de doações particulares feitas diretamente à Comunitas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp