19/12/2019 às 19h24min - Atualizada em 19/12/2019 às 19h24min

Bruno Covas anuncia saída do PSDB se Aécio não for expulso

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou que deixará o PSDB se Aécio Neves não for expulso e se lançará à reeleição por outra legenda. Ele deixou o hospital depois de um tratamento intensivo para combate a um câncer no sistema digestivo.

O prefeito de São Paulo - SP, Bruno Covas (PSDB), deixou o hospital depois de um tratamento intensivo para combate a um câncer no sistema digestivo anunciando que deixará o PSDB se Aécio Neves não for expulso e se lançará à reeleição por outra legenda.

Covas tenta articular uma frente com um grupo de até 10 pequenos partidos para sua candidatura. Ele tem prazo até 20 de abril para deixar o PSDB e inscrever-se em outra legenda.

“Estou muito desconfortável de fazer parte de um partido que tem Aécio como quadro”, afirmou aos jornalistas Cristiane Agostine e César Felício do jornal Valor Econômico.

Durante a entrevista ele reafirmou sua fidelidade a João Doria e concentrou fogo em Aécio: “Em relação a outros nomes [do PSDB], não há nenhum áudio em que tenha a pessoa pedindo para o dono da JBS ‘x’ milhões de reais. Até hoje não foi explicado para onde iria aquele recurso. Acusação até eu tenho, tenho um monte de processo do período que estou aqui como prefeito. Mas é muito difícil de explicar o motivo de um cara desses [Aécio] estar no PSDB”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp