17/01/2022 às 16h07min - Atualizada em 17/01/2022 às 16h07min

Bares e restaurantes de São Paulo – SP começam a exigir comprovante de vacinação

Pela lei, o comprovante das duas doses da vacina na capital paulista não é obrigatório neste setor.

Redação
Com o avanço da variante Ômicron do coronavírus, alguns bares e restaurantes na cidade de São Paulo – SP começaram a adotar a exigência do comprovante de vacinação de seus clientes. Ainda não se trata de maioria expressiva dos estabelecimentos – que até o momento preferem adotar os procedimentos obrigatórios do Plano São Paulo de combate à Covid-19, como o distanciamento das mesas, oferta de álcool em gel e o uso de máscaras.
 
Pela lei, o comprovante das duas doses da vacina na capital paulista não é obrigatório neste setor. O passaporte deve ser exigido em festas, bailes e outros eventos semelhantes em clubes e casas noturnas, independentemente da lotação. O passaporte vacinal também é obrigatório em shows, feiras, congressos, jogos e outras atividades da área de eventos.
 
A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) não tem posicionamento fechado sobre as casas que exigem o passaporte. Isso porque, segundo a assessoria da entidade, o passaporte não é obrigatório, mas uma escolha de cada estabelecimento.
 
Em outras cidades, como o Rio de Janeiro, o passaporte é cobrado para comer na área interna de restaurantes. No Ceará, o comprovante de imunização para frequentar estabelecimentos do tipo é obrigatório desde novembro.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
;
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp