Suspeita de aliança de Alckmin com Márcio França incomoda PSDB

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) tem ficado angustiado com a ambiguidade do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que vem defendendo em seus discursos recentes a importância de uma candidatura única de sua base no Estado.

 

Os tucanos suspeitam que Alckmin possa apoiar a candidatura de seu vice, Márcio França (PSB), que assumirá o governo quando Alckmin deixar o cargo para concorrer ao Planalto, segundo reportagem de Igor Gielow, do jornal Folha de S. Paulo.

 

França já anunciou sua pré-candidatura, independente do apoio do PSDB. Hoje, a candidatura favorita dentro do PSDB ao governo paulista é a de João Doria, prefeito da capital.

 

Segundo a coluna Painel, no mesmo jornal, “tucanos acreditam que aliados de Geraldo Alckmin passaram a propagar a ideia de que o vice-governador Márcio França (PSB) poderia ir para o PSDB para ser candidato ao Palácio dos Bandeirantes com um objetivo: mandar recado a João Doria (PSDB) de que há resistência ao nome dele”.

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) tem ficado angustiado com a ambiguidade do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que vem defendendo em seus discursos recentes a importância de uma candidatura única de sua base no Estado.

 

Os tucanos suspeitam que Alckmin possa apoiar a candidatura de seu vice, Márcio França (PSB), que assumirá o governo quando Alckmin deixar o cargo para concorrer ao Planalto, segundo reportagem de Igor Gielow, do jornal Folha de S. Paulo.

 

França já anunciou sua pré-candidatura, independente do apoio do PSDB. Hoje, a candidatura favorita dentro do PSDB ao governo paulista é a de João Doria, prefeito da capital.

 

Segundo a coluna Painel, no mesmo jornal, “tucanos acreditam que aliados de Geraldo Alckmin passaram a propagar a ideia de que o vice-governador Márcio França (PSB) poderia ir para o PSDB para ser candidato ao Palácio dos Bandeirantes com um objetivo: mandar recado a João Doria (PSDB) de que há resistência ao nome dele”.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]