86 visualizações

Seis pessoas morrem carbonizadas em batida entre carro, ônibus e cegonheira em Minas Gerais

Seis pessoas morreram e ao menos 15 ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus, uma cegonheira e uma caminhonete na MGC-122, em Mato Verde – MG. Os veículos pegaram fogo e os corpos das vítimas foram carbonizados.

 

O acidente aconteceu por volta das 13h no trecho entre as cidades de Porteirinha – MG e Mato Verde – MG. Mais cedo, na mesma rodovia, cinco pessoas morreram na batida de uma caminhonete contra uma árvore.

 

Por causa da batida, a estrada ficou completamente fechada, de acordo com o corpo de Bombeiros, os feridos foram levados para hospitais da região.

Seis pessoas morreram e ao menos 15 ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus, uma cegonheira e uma caminhonete na MGC-122, em Mato Verde – MG. Os veículos pegaram fogo e os corpos das vítimas foram carbonizados.

 

O acidente aconteceu por volta das 13h no trecho entre as cidades de Porteirinha – MG e Mato Verde – MG. Mais cedo, na mesma rodovia, cinco pessoas morreram na batida de uma caminhonete contra uma árvore.

 

Por causa da batida, a estrada ficou completamente fechada, de acordo com o corpo de Bombeiros, os feridos foram levados para hospitais da região.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]