62 visualizações

País economizaria R$ 1,4 bilhão com redução do número de deputados e senadores

Apoiada por mais de 99% dos entrevistados no portal E-Cidadania, do Senado, a PEC nº 106/15, que reduz número de senadores de 81 para 54 e de deputados de 513 para 386, geraria economia de R$ 1,44 bilhão a cada quatro anos de mandato.

 

A montanha de dinheiro é o custo atual dos salários, benefícios e regalias como carro com motorista de deputados e senadores, além das centenas de assessores incluídos.

 

A economia anual com o corte dos parlamentares proposto na PEC nº 106/15 é de R$ 298 milhões na Câmara e R$ 63,3 milhões no Senado.

 

Cada deputado pode contratar até 25 secretários parlamentares com a verba de gabinete de R$ 97 mil. Os salários vão de R$ 845 a R$ 12.940.

 

Para não usar o salário de R$ 33,7 mil, as excelências têm até R$ 45 mil mensais para gastar livremente. Tudo reembolsado com o seu dinheiro.

 

Fonte: Site Diário do Poder.

Apoiada por mais de 99% dos entrevistados no portal E-Cidadania, do Senado, a PEC nº 106/15, que reduz número de senadores de 81 para 54 e de deputados de 513 para 386, geraria economia de R$ 1,44 bilhão a cada quatro anos de mandato.

 

A montanha de dinheiro é o custo atual dos salários, benefícios e regalias como carro com motorista de deputados e senadores, além das centenas de assessores incluídos.

 

A economia anual com o corte dos parlamentares proposto na PEC nº 106/15 é de R$ 298 milhões na Câmara e R$ 63,3 milhões no Senado.

 

Cada deputado pode contratar até 25 secretários parlamentares com a verba de gabinete de R$ 97 mil. Os salários vão de R$ 845 a R$ 12.940.

 

Para não usar o salário de R$ 33,7 mil, as excelências têm até R$ 45 mil mensais para gastar livremente. Tudo reembolsado com o seu dinheiro.

 

Fonte: Site Diário do Poder.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]