Multa a pedestres, ciclistas e mais: o que muda no trânsito em 2018?

O ano de 2018 será marcado por uma série de novidades envolvendo motoristas, pedestres e ciclistas. Uma das mais inusitadas, em vigor a partir do final de abril, é a que multará pedestres (R$ 44,19) e ciclistas (R$ 130,16) que não transitarem nos locais previamente estabelecidos.

 

Outra novidade é o aumento da pena para motoristas embriagados que causarem mortes no trânsito – o tempo de prisão sobe dos atuais de 2 a 4 anos para de 5 a 8 anos, sendo que o condutor não terá mais a possibilidade de trocar o regime de cadeia por serviços comunitários.

 

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passará por duas mudanças. Uma delas garante a digitalização feita pelos DETRANs, desta forma, o documento fica disponível no celular com o mesmo valor jurídico do impresso. A outra é a transformação do modelo atual da CNH em um cartão de plástico com microchip, similar a um cartão de banco, com uma série de informações sobre o condutor.

 

Já possível desde outubro, o pagamento de multas com cartões de débito e crédito deve ganhar força em 2018, com a possibilidade, inclusive, de serem parceladas com a aplicação de juros.

O ano de 2018 será marcado por uma série de novidades envolvendo motoristas, pedestres e ciclistas. Uma das mais inusitadas, em vigor a partir do final de abril, é a que multará pedestres (R$ 44,19) e ciclistas (R$ 130,16) que não transitarem nos locais previamente estabelecidos.

 

Outra novidade é o aumento da pena para motoristas embriagados que causarem mortes no trânsito – o tempo de prisão sobe dos atuais de 2 a 4 anos para de 5 a 8 anos, sendo que o condutor não terá mais a possibilidade de trocar o regime de cadeia por serviços comunitários.

 

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passará por duas mudanças. Uma delas garante a digitalização feita pelos DETRANs, desta forma, o documento fica disponível no celular com o mesmo valor jurídico do impresso. A outra é a transformação do modelo atual da CNH em um cartão de plástico com microchip, similar a um cartão de banco, com uma série de informações sobre o condutor.

 

Já possível desde outubro, o pagamento de multas com cartões de débito e crédito deve ganhar força em 2018, com a possibilidade, inclusive, de serem parceladas com a aplicação de juros.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]