21 visualizações

Jundiaí teve queda nos índices de violência, diz PM

A Prefeitura de Jundiaí – SP foi o local escolhido pela Polícia Militar (PM), na sexta-feira (12), para apresentação do balanço das ações de segurança efetivadas no município, em 2017, e também nas demais cidades que compõem a Aglomeração Urbana. A integração entre as forças policiais, o que inclui também os setores da Prefeitura Guarda Municipal e a Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM), é a proposta defendida pela atual gestão no sentido de contribuir para a manutenção da ordem pública na cidade.

 

“Temos a noção clara de que estamos no caminho certo. As linhas de comando estão sendo respeitadas e tendo um total compartilhamento de ações para garantir uma maior eficiência nos resultados”, declarou o Prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB).

 

Entre os dados apresentados, que atestam os resultados da atuação conjunta entre as forças policiais, estão a redução nos seguintes índices: latrocínio, – 55%; roubo, – 25%; roubo de veículos, – 28%; roubo de cargas, – 13%; furtos, – 12%; furtos de veículos, – 32%. Completando: 2.665 pessoas foram presas em Jundiaí; 208 armas apreendidas; 35 mil operações e ações policiais; 3 milhões de ligações no 190; 60 pessoas presas por roubo de carga. O Grupamento de Bombeiros realizou 1262 vistorias técnicas e 437 ações de combate a incêndio

 

O encontro teve a coordenação do comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), o tenente-coronel Henrique Neto. Assim como a administração municipal, Henrique defendeu a coletividade entre as forças de segurança como meio fundamental para resultados efetivos. “Todo investimento em segurança, com parcerias e ações conjuntas que também incluem a Polícia Civil, o intercâmbio de informações – destacando o trabalho realizado pela Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras – contribui para que possamos divulgar boas notícias sobre o trabalho da Polícia Militar, graças ao esforço conjunto”, disse.

A Prefeitura de Jundiaí – SP foi o local escolhido pela Polícia Militar (PM), na sexta-feira (12), para apresentação do balanço das ações de segurança efetivadas no município, em 2017, e também nas demais cidades que compõem a Aglomeração Urbana. A integração entre as forças policiais, o que inclui também os setores da Prefeitura Guarda Municipal e a Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM), é a proposta defendida pela atual gestão no sentido de contribuir para a manutenção da ordem pública na cidade.

 

“Temos a noção clara de que estamos no caminho certo. As linhas de comando estão sendo respeitadas e tendo um total compartilhamento de ações para garantir uma maior eficiência nos resultados”, declarou o Prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB).

 

Entre os dados apresentados, que atestam os resultados da atuação conjunta entre as forças policiais, estão a redução nos seguintes índices: latrocínio, – 55%; roubo, – 25%; roubo de veículos, – 28%; roubo de cargas, – 13%; furtos, – 12%; furtos de veículos, – 32%. Completando: 2.665 pessoas foram presas em Jundiaí; 208 armas apreendidas; 35 mil operações e ações policiais; 3 milhões de ligações no 190; 60 pessoas presas por roubo de carga. O Grupamento de Bombeiros realizou 1262 vistorias técnicas e 437 ações de combate a incêndio

 

O encontro teve a coordenação do comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), o tenente-coronel Henrique Neto. Assim como a administração municipal, Henrique defendeu a coletividade entre as forças de segurança como meio fundamental para resultados efetivos. “Todo investimento em segurança, com parcerias e ações conjuntas que também incluem a Polícia Civil, o intercâmbio de informações – destacando o trabalho realizado pela Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras – contribui para que possamos divulgar boas notícias sobre o trabalho da Polícia Militar, graças ao esforço conjunto”, disse.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]