37 visualizações

João Doria não será candidato a governador do Estado de São Paulo

Por: Eduardo Rodrigues

 

É o que afirmam categoricamente, fontes ligadas ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), segundo os mesmos, não há nenhuma possibilidade para que o prefeito de São Paulo – SP, João Agripino da Costa Doria Junior, João Doria (PSDB) seja o candidato do partido ao Governo do Estado.

 

“Sou candidato a prefeito da cidade de São Paulo”, disse o próprio Doria ao negar candidatura para o governo, dessa forma é pouco provável que o prefeito esteja mentindo para a população.

 

“Eu sou gestor. Não tenho nada contra políticos. Mas eu não sou um”, repetiu Doria incansavelmente durante toda sua campanha em 2016, deixar a prefeitura depois de um ano de mandato, para candidatar-se a qualquer outro cargo seria agir como um politico de carreira.

 

Em recente entrevista à jornalista Mônica Bérgamo, publicada no jornal Folha de S. Paulo, o vereador Mário Covas Neto (PSDB), o Zuzinha, filho de uma das maiores lideranças da história do PSDB, defendeu que o partido abra mão de candidatura própria na disputa pelo governo de São Paulo no ano que vem e apoie o vice-governador Márcio Luiz França Gomes, Márcio França (PSB), que assume o Palácio dos Bandeirantes no mês de março com a desincompatibilização do governador Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho, Geraldo Alckmin (PSDB).

 

Segundo essas mesmas fontes, há apenas um pequeno grupo ligado ao Vice-prefeito Bruno Covas Lopes (PSDB), que tem feito alguma pressão por uma candidatura de João Doria e nada mais.

Por: Eduardo Rodrigues

 

É o que afirmam categoricamente, fontes ligadas ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), segundo os mesmos, não há nenhuma possibilidade para que o prefeito de São Paulo – SP, João Agripino da Costa Doria Junior, João Doria (PSDB) seja o candidato do partido ao Governo do Estado.

 

“Sou candidato a prefeito da cidade de São Paulo”, disse o próprio Doria ao negar candidatura para o governo, dessa forma é pouco provável que o prefeito esteja mentindo para a população.

 

“Eu sou gestor. Não tenho nada contra políticos. Mas eu não sou um”, repetiu Doria incansavelmente durante toda sua campanha em 2016, deixar a prefeitura depois de um ano de mandato, para candidatar-se a qualquer outro cargo seria agir como um politico de carreira.

 

Em recente entrevista à jornalista Mônica Bérgamo, publicada no jornal Folha de S. Paulo, o vereador Mário Covas Neto (PSDB), o Zuzinha, filho de uma das maiores lideranças da história do PSDB, defendeu que o partido abra mão de candidatura própria na disputa pelo governo de São Paulo no ano que vem e apoie o vice-governador Márcio Luiz França Gomes, Márcio França (PSB), que assume o Palácio dos Bandeirantes no mês de março com a desincompatibilização do governador Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho, Geraldo Alckmin (PSDB).

 

Segundo essas mesmas fontes, há apenas um pequeno grupo ligado ao Vice-prefeito Bruno Covas Lopes (PSDB), que tem feito alguma pressão por uma candidatura de João Doria e nada mais.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]