Funcionária do gabinete de Bolsonaro é apontada como fantasma

A mulher está empregada desde 2003, mas, na verdade, trabalha com venda de açaí perto da casa dele, em Angra dos Reis (RJ), segundo jornal.

 

Uma funcionária do gabinete do pré-candidato à Presidência da República Jair Messias Bolsonaro (PSC) é apontada como fantasma. A profissional é vizinha do parlamentar na Vila Histórica de Mambucaba, em Angra dos Reis – RJ, tem um comércio na região e, ainda, prestaria serviços na casa dele, de acordo com denúncia feita pelo jornal Folha de S. Paulo na quinta-feira (11).

 

Walderice Santos da Conceição, 49 anos, faz parte do quadro de empregados do deputado federal em Brasília – DF desde 2003. Atualmente, a remuneração bruta dela é de R$ 1.351,46, apontou o jornal. Moradores contaram, porém, que “Wal” – como é conhecida – dedicaria a maior parte do tempo ao estabelecimento Wal Açaí.

 

Ela teria passado por vários cargos no escritório, chegando a receber até R$ 14,3 mil em uma função de chefia. Bolsonaro justificou que as mudanças internas são feitas para ajudar os funcionários. “O que de vez em quando acontece: um funcionário é demitido. Aquela verba que ‘sobra’, então, a gente destina para um [outro] funcionário, por pouquíssimo tempo”, explicou.

 

O marido dela, identificado como Edenilson, também teria Bolsonaro como patrão. Quatro relatos obtidos pela reportagem do jornal confirmam que ele é caseiro no imóvel de veraneio do parlamentar.

 

A equipe do jornal diz que viu Wal e Edenilson saindo da casa do político na manhã da quinta-feira. Logo depois, o presidenciável apareceu. “Perguntado sobre qual seria o trabalho desempenhado por ela, Bolsonaro respondeu: ‘Ela reporta a mim ou ao meu chefe de gabinete qualquer problema na região’”, revelou a reportagem.

 

O deputado negou que o homem trabalha na casa dele. Logo depois, no entanto, admitiu: Edenilson “o ajuda”, inclusive dando comida aos cachorros.

A mulher está empregada desde 2003, mas, na verdade, trabalha com venda de açaí perto da casa dele, em Angra dos Reis (RJ), segundo jornal.

 

Uma funcionária do gabinete do pré-candidato à Presidência da República Jair Messias Bolsonaro (PSC) é apontada como fantasma. A profissional é vizinha do parlamentar na Vila Histórica de Mambucaba, em Angra dos Reis – RJ, tem um comércio na região e, ainda, prestaria serviços na casa dele, de acordo com denúncia feita pelo jornal Folha de S. Paulo na quinta-feira (11).

 

Walderice Santos da Conceição, 49 anos, faz parte do quadro de empregados do deputado federal em Brasília – DF desde 2003. Atualmente, a remuneração bruta dela é de R$ 1.351,46, apontou o jornal. Moradores contaram, porém, que “Wal” – como é conhecida – dedicaria a maior parte do tempo ao estabelecimento Wal Açaí.

 

Ela teria passado por vários cargos no escritório, chegando a receber até R$ 14,3 mil em uma função de chefia. Bolsonaro justificou que as mudanças internas são feitas para ajudar os funcionários. “O que de vez em quando acontece: um funcionário é demitido. Aquela verba que ‘sobra’, então, a gente destina para um [outro] funcionário, por pouquíssimo tempo”, explicou.

 

O marido dela, identificado como Edenilson, também teria Bolsonaro como patrão. Quatro relatos obtidos pela reportagem do jornal confirmam que ele é caseiro no imóvel de veraneio do parlamentar.

 

A equipe do jornal diz que viu Wal e Edenilson saindo da casa do político na manhã da quinta-feira. Logo depois, o presidenciável apareceu. “Perguntado sobre qual seria o trabalho desempenhado por ela, Bolsonaro respondeu: ‘Ela reporta a mim ou ao meu chefe de gabinete qualquer problema na região’”, revelou a reportagem.

 

O deputado negou que o homem trabalha na casa dele. Logo depois, no entanto, admitiu: Edenilson “o ajuda”, inclusive dando comida aos cachorros.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]