45 visualizações

Batochio deixa defesa de Lula em casos que envolvem Palocci

O advogado José Roberto Batochio deixou a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em processos em que o petista possa ser acusado pelo ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci Filho.

 

Ele tomou a decisão depois que Palocci escancarou a intenção de delatar o ex-presidente, em depoimento prestado ao juiz Sergio Moro na semana passada.

 

Batochio advogou para Palocci por mais de dez anos e deixou o ex-ministro depois que ele tomou a decisão e colaborar com a Justiça.

 

“Não posso, por razões éticas, estar em casos em que ambos sejam acionados e se encontrem em posições antagônicas”, diz o advogado. “Fui defensor do Palocci por uma década. Nessa condição, recebi dele confidências personalíssimas. Não posso atacar alguém que já foi meu cliente”, finaliza Batochio.

O advogado José Roberto Batochio deixou a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em processos em que o petista possa ser acusado pelo ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci Filho.

 

Ele tomou a decisão depois que Palocci escancarou a intenção de delatar o ex-presidente, em depoimento prestado ao juiz Sergio Moro na semana passada.

 

Batochio advogou para Palocci por mais de dez anos e deixou o ex-ministro depois que ele tomou a decisão e colaborar com a Justiça.

 

“Não posso, por razões éticas, estar em casos em que ambos sejam acionados e se encontrem em posições antagônicas”, diz o advogado. “Fui defensor do Palocci por uma década. Nessa condição, recebi dele confidências personalíssimas. Não posso atacar alguém que já foi meu cliente”, finaliza Batochio.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]