Após condenação na Lava Jato, irmão de José Dirceu é preso em Ribeirão Preto

O irmão do ex-ministro José Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, foi preso na manhã da sexta-feira (9), em Ribeirão Preto – SP, por condenação em segunda instância na Operação Lava Jato.

 

Em maio de 2016, Luiz Eduardo foi condenado a oito anos e nove meses de prisão em regime fechado por lavagem de dinheiro e organização criminosa. A pena foi aumentada para 10 anos, seis meses e 23 dias pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em setembro de 2017.

 

José Dirceu foi condenado nessa mesma ação no TRF4, mas a Corte ainda não avaliou um recurso apresentado pela defesa em 8 de janeiro.

 

Ex-sócio da JD Consultoria, Júlio César dos Santos também foi preso na sexta-feira. Ele foi condenado pelo TRF4 a 10 anos, oito meses e 24 dias de prisão por lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 

O mandado de prisão contra Luiz Eduardo foi cumprido por volta de 6h, na casa onde ele mora no bairro Ribeirânia. Ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito e, em seguida, transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto.

O irmão do ex-ministro José Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, foi preso na manhã da sexta-feira (9), em Ribeirão Preto – SP, por condenação em segunda instância na Operação Lava Jato.

 

Em maio de 2016, Luiz Eduardo foi condenado a oito anos e nove meses de prisão em regime fechado por lavagem de dinheiro e organização criminosa. A pena foi aumentada para 10 anos, seis meses e 23 dias pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em setembro de 2017.

 

José Dirceu foi condenado nessa mesma ação no TRF4, mas a Corte ainda não avaliou um recurso apresentado pela defesa em 8 de janeiro.

 

Ex-sócio da JD Consultoria, Júlio César dos Santos também foi preso na sexta-feira. Ele foi condenado pelo TRF4 a 10 anos, oito meses e 24 dias de prisão por lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 

O mandado de prisão contra Luiz Eduardo foi cumprido por volta de 6h, na casa onde ele mora no bairro Ribeirânia. Ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito e, em seguida, transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]