58 visualizações

Após 2ª denúncia na Câmara, Temer libera R$ 1,02 bi a deputados

A chegada à Câmara dos Deputados da segunda denúncia contra o presidente Michel Miguel Elias Temer Lulia, Michel Temer (PMDB)  motivou a liberação, por parte do peemedebista, de R$ 1,02 bilhão por meio de emendas parlamentares.

 

De acordo com o blogueiro Josias de Souza, no entanto, os aliados de Temer acharam o valor baixo pelo fato de as acusações envolverem, também, os ministros Eliseu Lemos Padilha e Wellington Moreira Franco – a ideia do Planalto seria fazer com que as três denúncias fossem avaliadas numa mesma votação.

 

Temer foi acusado pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de liderar uma organização criminosa constituída pelo PMDB. Além dele, de Moreira e de Padilha também foram acusados outros nomes graúdos do partido, como Romero Jucá Filho e José Renan Vasconcelos Calheiros.

A chegada à Câmara dos Deputados da segunda denúncia contra o presidente Michel Miguel Elias Temer Lulia, Michel Temer (PMDB)  motivou a liberação, por parte do peemedebista, de R$ 1,02 bilhão por meio de emendas parlamentares.

 

De acordo com o blogueiro Josias de Souza, no entanto, os aliados de Temer acharam o valor baixo pelo fato de as acusações envolverem, também, os ministros Eliseu Lemos Padilha e Wellington Moreira Franco – a ideia do Planalto seria fazer com que as três denúncias fossem avaliadas numa mesma votação.

 

Temer foi acusado pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de liderar uma organização criminosa constituída pelo PMDB. Além dele, de Moreira e de Padilha também foram acusados outros nomes graúdos do partido, como Romero Jucá Filho e José Renan Vasconcelos Calheiros.

Posts Recentes: Popular Mais

Sobe para 18 os mortos em acidente com ônibus que levava universitários em SP

Subiu para 18 o número de mortos em um grave acidente com um ônibus da Companhia União Litoral, que capotou na noite de quarta-feira (8) na Rodovia Mogi-Bertioga. Havia pelo menos 46 pessoas a bordo. Segundo informações dos bombeiros e da Polícia Civil, o motorista está entre os mortos e 31 pessoas ficaram feridas.   […]

Guilherme Campos (PSD) é nomeado presidente dos Correios

O presidente Michel Temer (PMDB) nomeou Guilherme Campos Júnior (PSD) para exercer o cargo de presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (9). Campos substituirá Giovanni Correa Queiroz, que foi exonerado ainda por Dilma Rousseff, em maio, na semana de seu afastamento […]